Ícone do site Gazeta de São João del-Rei

Entenda como filme da Barbie gerou diversos golpes com Criptomoedas

Barbie, a boneca mais famosa do mundo ganhou seu próprio filme recentemente e desde sua estreia no último dia 20, já se provou um dos maiores (senão o maior) sucesso cinematográfico do ano até então. O longa dirigido por Greta Gerwig, no entanto, começou a se fazer popular não somente no nicho dos fãs da sétima arte ou da boneca, mas também dentre os investidores em Criptomoedas.

Assim como a maioria das ações dentro da cultura pop que estouram a bolha e vão para o mainstreaming, o filme da Barbie está sendo utilizado como pretexto por ciber-criminosos para aplicar golpes Cripto na internet.

Golpe com Memecoins da Barbie

A grande maioria das Criptomoedas que surgem de filmes, séries, videogames e diversos outros elementos da cultura pop aparecem como Memecoins, que são ativos apoiados num fator que está “hitado” no momento, servindo assim como um investimento de curto prazo, aproveitando o hype do assunto.

Apesar de existir sim iniciativas como essa que são de fato legítimas, os casos recentes de Memecoins da Barbie foram expostos por diversas plataformas de investidores como golpe na certa.

De acordo com pesquisas feitas por especialistas, até agora, já foram identificados mais de 30 golpes com criptomoedas envolvendo “Barbie”, disponíveis na internet, à procura de possíveis vítimas.

Um dos sites mais populares que faz essa filtragem no mundo de investimentos virtuais, o Token Sniffer, realizou uma auditoria entre os principais tokens criados em homenagem à Barbie, como barbie inu, ken, barbie swoon, barbie swap e barbie pink, e a maioria já aparece golpes explícitos.

Como evitar golpes Cripto

Segundo especialistas, a melhor forma de prevenir golpes como esse é ver a procedência das chains que estão por traz das produções desses ativos, além de procurar entender bem do assunto antes de começar uma empreitada de investimentos na Web3.

Em nota oficial, uma das especialistas do site Token Sniffer, Olga Svistunova, explicou ao público como funciona golpes desse tipo.

“Estreias e eventos grandes como filmes tão esperados trazem uma onda de expectativa, mas, em meio à emoção, é crucial que os usuários permaneçam alertas e sigam as regras básicas de segurança online. Ao manter uma mentalidade vigilante e praticar hábitos online seguros, podemos aproveitar ao máximo a experiência da Barbie e Oppenheimer, nos protegendo das ameaças cibernéticas que espreitam no mundo digital”, analisou Olga.

Sair da versão mobile