sábado, agosto 13, 2022

Novo caso suspeito de hepatite aguda infantil é registrado em Juiz de Fora

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) comunicou, na manhã desta quinta-feira (12), a identificação do segundo caso suspeito de um tipo de hepatite aguda infantil com causa desconhecida em Juiz de Fora.

Na última semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um alerta sobre a doença. No começo desta semana, o primeiro caso em investigação foi publicado pela SES-MG no município.

Conforme o Executivo, uma criança de 9 anos foi contaminada e esteve hospitaliza em fevereiro deste ano.

Ainda de acordo com o Estado, Minas Gerais possui outros quatro casos em apuração e investigação. Dois deles são da capital Belo Horizonte e outros dois em Juiz de Fora.

Até o momento, a doença já circulou mundialmente em 200 casos diferentes. Apenas no Brasil, o Ministério da Saúde apontou que 28 casos suspeitos da doença têm sido monitorados.

Os casos iniciais da doença em escala internacional foram sinalizados em 5 de abril, data em que a autoridade responsável do Reino Unido notificou a OMS de 10 casos de hepatite aguda grave de causa desconhecida em crianças pequenas.

A faixa compreendia também o fato de não ter doenças prévias nessas pessoas com idades entre 11 meses e 5 anos, na Escócia.

No que diz respeito ao mundo, os Estados Unidos possuem 109 casos sob investigação. Destes, cinco deles foram fatais, conforme a agência France Press.

O CDC verificou ainda que “a vacinação contra a Covid-19 não é a causa da doença”.

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares