sábado, agosto 13, 2022

Maradona ganha coleção de NFTs; Confira

Falecido em 2020, a lenda do futebol argentino e mundial, Diego Armando Maradona, ganhou uma coleção de NFTs inspirada em momentos marcantes da trajetória do craque no esporte, que o colocou como grande rival do Rei Pelé, na disputa de maior nome do futebol.

Os tokens não fungíveis terão o nome de ‘D1OS NFT Club’ e serão negociados na plataforma de investimentos em criptos e NFTs, DAO Maker. A empresa que também é a organizadora do projeto, ainda não deu data para o lançamento da coleção, porém no site, aparece o aviso de em breve e a possibilidade de cadastro para pré-venda.

Ainda sem muitos detalhes concretos, o que se sabe é que os NFTs de Maradona terão envolvimento também da Bitflix, Metaverso de cinema que se encontra envolvido com grandes nomes, como o streaming Netflix. A empresa de Hollywood será responsável pela criação e design de toda a coleção.

“A primeira coleção de NFT Licenciada Oficial de Diego Armando Maradona. Um legado está prestes a ser imortalizado na Blockchain de Ethereum através do D1OS NFT. A DAO Maker está extremamente orgulhosa de fazer parte disso”, informou em seu Twitter oficial, DAO Maker.

5000 peças estarão presentes no que deve ser o início da DAO Maker no segmento de ídolos e NFTs, que é aguardada para nomes como Pelé, Ronaldo, Ronaldinho e outros craques do futebol brasileiro.

Antes de NFT, Maradona já teve própria Criptomoeda

Antes mesmo de virar NFT, em 2020 ainda quando era vivo, a lenda Argentina já “participava” do mundo dos Criptoativos.

A iniciativa da cripto criada na rede ETH (Ethereum), uma das principais do segmento, acabou se tornando um artigo raro e colecionável de Maradona.

Por meio da Sorare, maior nome de NFTs envolvendo futebol e uma parceria com o Gimnasia, clube argentino que já contou com Maradona, o “game” de cartas P2E (Play-to-earn), lançou 100 cartas colecionáveis ERC – 721, que não podem ser replicadas.

Dessas 100, 10 são super raras enquanto uma, a de treinador, quando Maradona foi técnico do time, é a mais valiosa e exclusiva de todas.

Das comuns até a mais rara, os preços variam entre 50 a 60 euros (300 reais) até 13 a 14 mil euros (80 mil reais).

Na Sorare nomes de jogadores brasileiros licenciados como Ronaldo, Rivaldo e Roberto Carlos estão presentes, sempre tidos como peças mais caras, assim como Maradona, muito por seus legados no esporte em geral.

Em 2021, novamente Maradona voltou a “se tornar” um criptoativo. Isso porque argentinos criaram o ‘Maradólar’, moeda que foi distribuída gratuitamente como forma de homenagem ao maior ídolo do futebol dos hermanos.

Bastava se cadastrar no site do projeto, onde foram distribuídos os maradólars. 10.000 unidades chegaram a mão dos cadastrados, que hoje contam com um token não monetário porém exclusivo, que em algum dia ainda pode valer um bom dinheiro nesse mercado de NFTs, que preza pela exclusividade.

A ideia dos idealizadores além de homenagear Maradona, era conscientizar a população Argentina no mundo dos criptoativos, já que o país não aparece nem perto dos centros que se destacam no movimento.

 

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares