segunda-feira, agosto 8, 2022

Prefeitura de São João del-Rei tem verba estadual de investimento em coleta abortada

A Prefeitura de São João del-Rei sofreu o corte na verba do edital da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) referente a implantação de coleta seletiva no município mineiro. Após uma reunião com o Consórcio Intermunicipal de Gestão e Desenvolvimento Ambiental Sustentável das Vertentes (Cigedas), o vereador Professor Leonardo (PSDB) acusou, na última terça-feira (7), o descaso da gestão municipal.

Há pouco menos de um mês, o Cigedas integrou o edital que, conforme a Subsecretaria de Gestão Ambiental e Saneamento (Suges), almeja fortalecer a coleta seletiva em Minas Gerais. O Consórcio soma pouco menos de 20 cidades do Campo das Vertentes, entre elas São João del-Rei.

“Quando foi divulgado que o Cigedas foi selecionado no edital do estado de Minas Gerais para implantação ou ampliação de programas de coleta seletiva, houve grande expectativa a respeito de como São João del-Rei seria beneficiada”, contou Leonardo, em entrevista ao site Mais Vertentes.

Ainda de acordo com o vereador Professor Leonardo, São João del-Rei está no quadro dos oito municípios participantes que não vão obter parte da verba endereçada ao governo estadual. Vale destacar que a verba é essencial para a gestão apropriada de resíduos sólidos urbanos.

“Ao questionar o motivo, a secretária explicou que era requisito para participação no edital que São João del-Rei encaminhasse uma declaração assinada pelo Prefeito comunicando o encerramento do lixão da cidade, o que, infelizmente, não foi feito”, acrescentou o vereador.

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares