segunda-feira, agosto 8, 2022

Estudante sai do coma, após ser encontrada em estado grave na UFMG

Há pouco menos de uma semana, na última quinta-feira (14), uma estudante de química de 21 anos foi encontrada em estado grave na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e saiu do coma. A jovem ficou internada no Hospital Vila da Serra, em Nova Lima, na Grande BH.

Apesar de estar na etapa de despertar com a remoção da sedação, Juliana Vieira permanece sem se comunicar. Ainda na última terça-feira (19), familiares da jovem vão até a universidade para dialogar com funcionários e representantes.

A projeção é ter acesso a maiores informações acerca do caso. Já as razões do caso ainda são desconhecidas. Há dois dias, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) acionou a família da jovem para poder acessar as imagens de câmeras de segurança próximas ao local em que ela foi encontrada, às 22h05.

A estudante de química estava em um bar situado em frente à UFMG e deixou de perto dos amigos às 21h40 para buscar por água. Após ficar 25 minutos desaparecida, ela foi encontrada sem conseguir citar uma palavra por uma aluna. Ao notar Juliana ter convulsões, a aluna contatou o SAMU.

Por meio de nota, a UFMG ressaltou que “lamenta o acidente ocorrido com a estudante” e acrescentou que está “à disposição da família”.
“A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) lamenta o acidente ocorrido com a estudante Juliana Vieira Ferreira Ribeiro, na última quinta-feira, 14 de julho. Por volta das 22h15, a Divisão de Segurança Universitária foi acionada e acompanhou a chegada e o atendimento feito pela equipe de socorristas do Samu. Desde então, a UFMG colocou-se à disposição da família, prestando-lhe as informações e oferecendo o apoio necessário” , declarou.

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares