segunda-feira, agosto 15, 2022

Prefeitura de BH decide por manutenção do uso de máscara em ambientes fechados

Na última terça-feira (26), o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), se reuniu com o grupo da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O encontro teve como ponto de debate a avaliação dos resultados do uso de máscaras em ambientes fechados. O objeto ganhou obrigatoriedade desde o último dia 14 de junho, e permanecerá até o próximo dia 15 de agosto, conforme nova decisão.

A medida foi prolongada e comunicada pela prefeitura na manhã desta quarta-feira (27). De acordo com o Executivo, a solução teve influência do Grupo Técnico da Secretaria Municipal de Saúde em um debate com o prefeito. A obrigatoriedade vai ser mantida por conta do surgimento da variante BA5, que possui alto grau de transmissão, na região.

Além disso, outros fatores como o retorno presencial das aulas a partir de 1° de agosto e a baixa cobertura vacinal do público infantil também foram compreendidos. Dessa maneira, a permanência deve ser concretizada nos equipamentos e serviços de saúde da cidade, públicos ou particulares, e no transporte coletivo.

“Continuaremos monitorando todos os índices diariamente para basear as decisões a serem tomadas. Mas é muito importante que a população contribua e mantenha a vacinação em dia para evitar as formas mais graves da doença e, consequentemente, internações . Os pontos de imunização estão abertos diariamente e espalhados pelas nove regionais da cidade para ampliar o acesso dos usuários”, reforça a secretária municipal de Saúde, Cláudia Navarro.

Outros locais, a exemplo das estações de embarque e desembarque de passageiros, self-service dos restaurantes também aparecem no protocolo. Segundo um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde, mais de 80% das pessoas internadas pela Covid-19 não possuem vacinação ou não têm o esquema vacinal 100% completo.

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares