sábado, agosto 13, 2022

Shoppings populares de BH têm portas fechadas por ambulantes

Vários ambulantes entraram no processo de fechamento das portas nos shoppings populares de Belo Horizonte. O valor alto dos alugueis tem sido maléfico para a rentabilidade do negócio. A liberação de subsídio foi discutida em uma reunião na prefeitura da capital, na última quarta-feira (20).

O Shopping UAI, por meio de sua administração, conseguiu a vitória em uma concorrência municipal para receber 1,5 mil camelôs que trabalhavam nas ruas. Os comerciantes, inclusive, chegaram a ser realocados em duas unidades, no Centro e na Região de Venda Nova.

“Nós estamos com um furo de caixa de R$ 12 milhões. Esse subsídio da prefeitura era para manter o aluguel e o condomínio. Como não houve o reequilíbrio do contrato, nós não temos outra solução a não ser dar outro destino aos dois shopping da operação urbana”, afirmou Elias Tergilene, fundador do shopping Uai, em entrevista ao site g1.

Acerca de reunião com os representantes da categoria, a prefeitura comunicou que é uma atividade regular. Ainda segundo o município, a demanda apresentada acometeu a prorrogação do contrato, que tem prazo de validade para março de 2023.

LEIA TAMBÉM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Populares